Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 30/05/2017

Resumo do 7º Simpósio e da 9ª peregrinação Nacional da Família

O 7º Simpósio Nacional da Família, realizado no sábado, 27 de maio, reuniu membros da Pastoral Familiar de todo Brasil. O encontro aconteceu no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, localizado dentro do complexo do Santuário Nacional. O tema deste ano foi “Família, luz para a Vida em Sociedade”.

A primeira atividade do dia contou com a palestra ‘Amoris Laetitia na visão da mulher’, da professora Maria Inês de Castro Millen (CES – Juiz de Fora) que trouxe reflexões do Papa Francisco e retomou pontos importantes do documento, o qual ela considera uma “rajada de esperança” para os católicos.

“O casamento deve ser dinâmico, e não visto como um fardo”

Em suas falas, Maria Inês pontuou que o casamento deve ser dinâmico para os casais, e não visto como um fardo. Ela lembra que a família tem que permanecer com o olhar fixo em Jesus, e ser anúncio de amor e ternura. Ainda inspirada no Santo Padre, ela mostrou as faces do amor e lembrou em diversas citações o quanto Francisco opta pela integração das pessoas, e não pela marginalização:

“O Papa reitera que o amor deve ser fecundo. Ser fecundo para os outros, para os pobres, para aqueles que precisam de nós”, disse a professora.

A alegria e o espírito de união tomam conta dos participantes do Simpósio. As amigas Angélica Aparecida e Andrea Calmon, da Pastoral da Família de Santa Teresinha, de Santana (SP), participam pela segunda vez e dizem aproveitar a vinda a Aparecida para pedirem proteção aos seus familiares e investirem no estudo da evangelização.

Andrea explicou: “Se a gente não estudar, a gente não tem como fazer uma evangelização mais consciente. A grande função da Pastoral Familiar é evangelizar. Então, é gratificante poder estar participando e aprendendo sempre”.

Parceiras na evangelização, Andrea e Angélica enxergam que as famílias estão muito dispersas, e acreditam que o amor de Deus pode fortificar as relações. “Viver em Família não é fácil. Todos nós temos nossos tropeços e também nossos acertos. O que a gente aprende é que quanto mais insistir na fé, mais fácil é atravessar os dias não tão bons. Então a gente tem que acreditar no amor de Cristo”, conclui Andrea.

O encerramento das atividades foi com uma celebração às 10h no Altar Central do Santuário de Aparecida, presidida por Dom João Bosco Barbosa de Sousa – Presidente da Comissão Vida e Família da CNBB e Presidente da Comissão Nacional da Pastoral Familiar.

Por A12

Download WordPress Themes Free
Download WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
free online course
download lava firmware
Download Premium WordPress Themes Free
udemy paid course free download

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.