Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 18/10/2016

Papa: sementes dos mártires enchem a terra de novos cristãos

Na homilia desta terça-feira, 18, na capela da Casa Santa Marta, o Papa Francisco se concentrou no exemplo dos mártires. O Santo Padre recordou pessoas que, como São Paulo, na fase final da vida, viveram na solidão e enfrentaram dificuldades.

“Sozinho, mendicante, vitima de assédio, abandonado… mas é o grande Paulo, o que ouviu a voz do Senhor, o chamado do Senhor! Aquele que foi de um lugar para o outro, que sofreu tanto e passou por diversas provações para pregar o Evangelho”, disse Francisco lembrando São Paulo, que terminou a vida na desolação.

Fidelidade

Assim também aconteceu com Pedro e com João Batista, que acabou em uma cela sozinho, com a cabeça cortada “por causa do capricho de uma bailarina e da vingança de uma adúltera”. O mesmo aconteceu com Maximiliano Kolbe, lembrou o Papa, que fez um movimento apostólico em todo o mundo e muitas coisas grandes e morreu na cela de um campo de concentração.

“O apóstolo, quando é fiel, não espera outro fim senão o de Jesus. Mas o Senhor permanece próximo, não o deixa sozinho e ali encontra a sua força”.

“Morrer como mártires, como testemunhas de Jesus, é a semente que morre e dá fruto e enche a terra de novos cristãos. Quando o pastor vive assim, não fica amargurado: talvez se sinta desolado, mas tem aquela certeza de que o Senhor está ao seu lado. Quando o pastor em sua vida se ocupou de outras coisas que não dos fiéis – por exemplo, apegado ao poder, apegado ao dinheiro, apegado aos centros de poder, apegado a tantas coisas – no final, não estará só, talvez haja os netos que aguardarão que morra para ver o que poderão levar com eles”.

O Santo Padre concluiu a homilia falando do exemplo dado pelos sacerdotes idosos, que mesmo, muitas vezes, estando em cadeiras de rodas, doentes, carregam um grande sorriso e se sentem bem, porque têm Deus próximo a eles.

“E também aqueles olhos brilhantes que têm e perguntam: ‘Como está a Igreja? Como está a diocese? Como estão as vocações?’. Até o fim, porque são padres, porque deram a vida pelos outros. Voltemos a Paulo. Só, mendicante, vítima de assédio, abandonado por todos, menos que pelo Senhor Jesus: ‘Somente o Senhor está próximo de mim!’. E o Bom Pastor, o pastor deve ter esta segurança: se ele vai pelo caminho de Jesus, o Senhor lhe estará próximo até o fim. Rezemos pelos pastores que estão no final de suas vidas e que estão aguardando que o Senhor os leve com Ele. E rezemos para que o Senhor lhes dê a força, a consolação e a segurança que, embora se sintam doentes e também sozinhos, o Senhor está com eles, perto deles. Que o Senhor lhes dê a força”.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano

Download Premium WordPress Themes Free
Download Nulled WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
free online course
download huawei firmware
Download Nulled WordPress Themes
lynda course free download

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.