Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 07/03/2019

Nicarágua: bispos convidados para mesa de negociações

A Conferência Episcopal da Nicarágua recebeu o convite para tomar parte da mesa de negociações com o governo assinado pelos representantes das duas partes. A notícia foi dada por Carlos Tünnermann, representante da Aliança Cívica ao Diálogo Nacional, ao falar com a imprensa. A Agência Fides recebeu confirmação deste convite por parte do bispo de Estelí, Dom Abelardo Mata, que disse ter recebido o convite oficial, mas também sublinhou que os bispos não querem ser usados para táticas políticas ou acordos paralelos.

Cardeal Brenes e a Quaresma

Na Quarta-feira de Cinzas, o arcebispo de Manágua, cardeal Leopoldo Brenes respondeu aos jornalistas que perguntavam se a Igreja considera importante a Organização dos Estados Americanos OEA e as Nações Unidas como garante no processo de negociação. O cardeal respondeu que “é importante que as partes negociadoras ouçam os sentimentos, os desejos e as necessidades da população”.

Ao ser perguntado se as negociações serão concluídas na data estipulada, 28 de março, explicou que se negociará o tempo considerado necessário, “nas negociações pode-se colocar um limite, mesmo terminando antes ou depois, é bom colocar um limite, senão se encaminha em eternas discussões”.

A Conferência Episcopal da Nicarágua se reunirá na sexta-feira (08/03) para decidir quem participará da reunião com o governo e como encaminhar este processo de paz, com espírito de verdadeiro diálogo como disse o Papa.

Negociações

As partes negociadoras afirmam que estão a espera da confirmação dos convites enviados à Conferência Episcopal da Nicarágua e aos Pastores Unidos pela Nação, para que participem na qualidade de testemunhas e observadores.

Já estão sendo considerados os temas para a agenda de discussões. Serão discutidas as propostas de ambas as delegações. O Núncio Apostólico Dom Waldemar Sommertag já está participando na qualidade de testemunha e observador internacional.

Quaresma: orar em silêncio, jejuar e ajudar o próximo

O cardeal Brenes recordou que o tempo da Quaresma nos pede momentos de silêncio para escutar o Senhor que nos fala, silêncio para olhar a realidade que no rodeia e “ver quanta culpa temos cada um de nós”. No silêncio, e não procurar o “cisco nos olhos dos outros mas primeiro ver a trave que está em nós mesmos, tirá-la, não assinalar aos outros, mas assinalar a nós mesmos, devemos ser autocríticos neste tempo de Quaresma”.

Muitas vezes, cada um pode ter dificuldade em aceitar as próprias culpas, “o Senhor nos recomenda uma vida de oração jejum e boas obras. Creio que o tempo da Quaresma é um tempo maravilhoso para a oração, para a reflexão e para o silêncio contemplando a Jesus pregado na Cruz pelos nossos pecados. E dali nos deu a vida a vida eterna. Desejo a todos uma boa quaresma em silêncio, em reflexão e em autocrítica”.

Via Vatican News

Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Nulled WordPress Themes
udemy course download free
download micromax firmware
Download WordPress Themes Free
free download udemy course

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.