Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 25/03/2019

Espanha. Beatificado Mariano y Soldevila, médico, político e mártir

O Cardeal Angelo Becciu, Prefeito da Congregação das Causas dos Santos na Catedral de Tarragona, Espanha, à solene cerimônia de Beatificação de Mariano Mullerat Soldevila.

Natural de Santa Coloma de Queralt, Mariano formou-se em medicina e trabalhou como médico na aldeia de Arbeca, pertencente à Arquidiocese de Tarragona, da qual também foi prefeito.

Com a eclosão da Guerra Civil, em plena perseguição religiosa, em 12 de agosto de 1936, membros do Comitê espanhol invadiram a casa da família Mullerat, de profundas convicções cristãs e católicas, e jogaram fora todos os objetos e símbolos religiosos que encontraram e os queimaram. Antes, porém, forçaram o doutor Mariano a assinar alguns documentos para ganhar dinheiro.

No dia seguinte, o médico foi violentamente tirado da sua casa pelos milicianos e, junto com outros detidos, colocado em um caminhão. Consciente do destino que o aguardava, Mariano Mullerat proferiu as seguintes palavras ao se despedir da sua esposa: “Dolores, perdoa-lhes como eu os perdoo”.

Ao ser levado para um lugar, conhecido como El Pla, na estrada entre as cidades de Arbeca e Borges Blanques, os milicianos fizeram os detidos descer do caminhão e os fuzilaram. Ao serem cobertos de gasolina, seus corpos foram queimados.

Em 13 de agosto de 1940, foi inaugurado um monumento de pedra, no lugar exato do assassinato, no qual foi esculpido o nome de Mariano Mullerat e das outras cinco pessoas mortas com ele. Suas cinzas, depositadas em uma urna, são conservadas dentro do monumento.

Sobre a Beatificação de Mariano Mullerat, médico de todos, leigo, pai de família, o Cardeal Angelo Becciu, que o beatificou, hoje, em Tarragona, em nome do Papa Francisco, destacou alguns aspectos sobre a sua vida, que a Igreja a apresenta para a nossa veneração como verdadeiro exemplo de vida cristã:

“Trata-se de uma bela figura de leigo, realmente interessante e edificante. Como médico, distinguiu-se pela sua religiosidade que o inspirava a se dedicar aos outros, sobretudo aos mais necessitados de assistência médica gratuita. Mariano era um homem moderno: como médico amou os enfermos; como político, serviu o povo, com caridade. Era um verdadeiro cristão: era fiel às práticas de piedade, à adoração ao SS. Sacramento e à Missa. Eis a explicação desta sua força espiritual, da sua energia e da sua disponibilidade e amor com os outros. Diante da morte, Mariano encorajava seus cinco companheiros ao patíbulo, a perdoar seus perseguidores e algozes e a dar testemunho da sua fé em Cristo”.

Via Vatican News

Free Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
download samsung firmware
Premium WordPress Themes Download
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.