Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 15/03/2019

“Espaço Litúrgico para a Amazônia” propõe projetos arquitetônicos sustentáveis para igrejas

Dada a importância que a região amazônica representa para todo o planeta, o papa Francisco convocou em outubro de 2017, um Sínodo dos Bispos para a região Pan-amazônica. O objetivo principal desta convocação é identificar novos caminhos para a evangelização dos povos, especialmente dos indígenas, ribeirinhos e também por causa da crise da Floresta Amazônica, pulmão do mundo. O Sínodo será realizado em Roma, em outubro deste ano.

Nesta perspectiva sinodal e pensando em conhecer a realidade de comunidades, principalmente àquelas com dificuldades em construir capelas e igrejas, a Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio do Setor Espaço Litúrgico, desenvolveu o projeto “Espaço Litúrgico para a Amazônia”. A ideia é propor, de acordo com as reais necessidades, projetos arquitetônicos com materiais alternativos e da própria região.

Segundo o padre Thiago Faccini, assessor do Setor Espaço Litúrgico, a iniciativa nasceu dos relatos de padres da região Amazônica que apresentavam as dificuldades das comunidades, privadas de espaços adequados para reunião e celebração, solicitando ajuda na busca de soluções adequadas à realidade local. De acordo com ele, alguns também revelaram dificuldades no tocante à construção de capelas e igrejas e pediram assistência na elaboração de projetos que fossem sustentáveis e viáveis para as Igrejas locais.

Face ao contexto e aos apelos das igrejas da Amazônia, o projeto foi aprovado pelo Conselho Permanente da CNBB. A Comissão para a Amazônia da entidade também é uma parceira na realização. “O projeto tem duas linhas, a primeira mais educativa onde visa oferecer cartilhas com orientações e sugestões de como organizar o espaço celebrativo e a segunda são projetos concretos com materiais alternativos que visam responder ou atender a realidade da Amazônia Legal”, explica o padre Thiago.

Com o intuito de viabilizar a proposta, o Setor Espaço Litúrgico convidou arquitetos e demais profissionais cristãos para assumir a missão de contribuir com a igreja da Amazônia. “Os arquitetos estão propondo projetos de igrejas feitas com materiais da própria região, ficando mais barato e fazendo com que a igreja (templo) fique com a cara da região amazônica”, explicou o padre. Entre os projetos apresentados estão a da arquiteta Maria Inês Bolson Lunardini, de Porto Alegre (RS) e o arquiteto Nery Auler da Silva, de Soledade (RS), que consiste em uma igreja de bambu.

Segundo o padre Thiago os projetos até então estavam em fase de estudo, e agora serão apresentados às comunidades para que possam ser construídos. “O Setor está à disposição das comunidades para auxiliá-las a terem seus espaços de celebração”, finaliza.

Via CNBB

Premium WordPress Themes Download
Free Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
udemy paid course free download
download lava firmware
Download Premium WordPress Themes Free
free download udemy paid course

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.