Paróquia São José do Jardim Europa

Artigos › 24/08/2020

As 5 “obrigações” básicas dos católicos

blur-1867402-640

A Igreja Católica é frequentemente vista como uma organização religiosa com muitas regras a seguir. No entanto, há apenas algumas “obrigações” que estipulam o mínimo necessário para que os fiéis possam levar uma vida unida a Jesus Cristo.

Essas regras são chamadas de preceitos da Igreja e devem ser vistas como marcos ao longo do caminho para o céu. Eles nos ajudam a manter o foco no objetivo final e permanecer no caminho certo. Sem eles, podemos facilmente vagar sem rumo pela vida, sem saber para onde ir ou o que fazer.

O Catecismo da Igreja Católica explica:

“Os preceitos da Igreja inserem-se nesta linha duma vida moral ligada à vida litúrgica e nutrindo-se dela. O carácter obrigatório destas leis positivas, promulgadas pelas autoridades pastorais, tem por fim garantir aos fiéis o mínimo indispensável de espírito de oração e de esforço moral e de crescimento no amor a Deus e ao próximo”CIC 2041).

Os preceitos estabelecem o mínimo que precisamos seguir. É sempre possível ir além do mínimo e os santos são exemplos de homens e mulheres que fizeram exatamente isso. Eles não estavam satisfeitos apenas com a nota de aprovação, mas queriam se destacar e chegar ao topo da classe.

Aqui está um breve resumo de cada preceito, baseado no texto do Catecismo, dando-lhe uma ideia das poucas obrigações que os católicos são instruídos a seguir. Eles não foram criados para serem opressores, mas para nos conduzir a uma eternidade de paz e felicidade.

OUVIR MISSA INTEIRA E ABSTER-SE DE TRABALHOS SERVIS NOS DOMINGOS E FESTAS DE GUARDA

Este preceito exige aos fiéis que santifiquem o dia em que se comemora a ressurreição do Senhor, bem como as principais festas litúrgicas em honra dos mistérios do Senhor, da Bem-aventurada Virgem Maria e dos Santos, que a Igreja declara como sendo de preceito, sobretudo participando na celebração eucarística em que a comunidade cristã se reúne e descansando de trabalhos e ocupações que possam impedir a santificação desses dias.

CONFESSAR-SE AO MENOS UMA VEZ EM CADA ANO

O segundo preceito visa assegurar a preparação para a Eucaristia, mediante a recepção do sacramento da Reconciliação que continua a obra de conversão e perdão do Batismo

COMUNGAR AO MENOS PELA PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO

O terceiro preceito garante um mínimo na recepção do Corpo e Sangue do Senhor, em ligação com as festas pascais, origem e centro da liturgia cristã.

GUARDAR ABSTINÊNCIA E JEJUAR NOS DIAS DETERMINADOS PELA IGREJA

O quarto preceito assegura os dias de ascese e de penitência que nos preparam para as festas litúrgicas e contribuem para nos fazer adquirir domínio sobre os nossos instintos e a liberdade do coração.

PROVER AS NECESSIDADES DA IGREJA, SEGUNDO OS LEGÍTIMOS USOS E COSTUMES E AS DETERMINAÇÕES

O quinto preceito aponta aos fiéis a obrigação de prover às necessidades materiais da Igreja consoante as possibilidades de cada um.

Via Aleteia

Free Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Download WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
lynda course free download
download micromax firmware
Premium WordPress Themes Download
udemy course download free

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X