Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 13/10/2016

“Aparecendo”, Nossa Senhora aponta para o diálogo

Com uma missa presidida pelo bispo auxiliar de Brasília e Secretário-geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, o Ano Jubilar Mariano, dedicado a Nossa Senhora Aparecida foi aberto nesta quarta-feira, 12 de outubro, em Roma. A iniciativa da Igreja do Brasil se dá em concomitância com os 300 anos do achado da imagem pelos pescadores no rio Paraíba. Dom Leonardo conversou com o Programa Brasileiro, presente no evento:

“Com esta nossa celebração, abrimos o Ano Mariano aqui no Pio Brasileiro e junto com os brasileiros que estão em Roma e que costumam frequentar as celebrações aqui”.

Imagem-encontro ajuda a superar divisões

“A abertura dos 300 anos significa a abertura de um encontro; perceber em Nossa Senhora este cuidado de Deus para conosco, esta manifestação de Deus para conosco. O Papa quando esteve no Brasil fez uma meditação muito bonita sobre o significado do encontro da imagem (de Nossa Senhora). E a imagem é o lugar do encontro. Ele lembrou por exemplo que foi o tempo em que havia a escravidão e a imagem ajudou a superar as divisões sociais. E nos incentivou a buscarmos cada vez mais a fraternidade e a irmandade”.

Dom Leonardo, como Nossa Senhora Aparecida pode inspirar o povo brasileiro na superação deste momento tão difícil e ‘triste’, como definiu o Papa?

“Nossa Senhora sempre aponta a esperança. Vejam que os pescadores estavam desanimados, desamparados. Junto da imagem, nasce uma nova possibilidade, a bem dizer, um milagre. Então Nossa Senhora nos aponta este caminho. Não é porque vivemos um momento difícil que nós, como brasileiros e brasileiras, não lutar pela nossa pátria, não cuidarmos da democracia, não buscarmos uma integração maior, buscarmos uma comunhão maior entre todas as pessoas”.

“O grande problema do Brasil é que estamos todos muito divididos politicamente e há necessidade de reconquistar aquilo que caracteriza muito o que caracteriza o povo brasileiro: o respeito, um pelo outro. O povo brasileiro sempre se distinguiu por este modo de tolerância das diferenças, o acolhimento das diferenças, ou melhor. E há uma necessidade muito grande de reconquistarmos essas nossas características. Isto vai levar muito tempo, mas Nossa Senhora nos aponta o caminho do diálogo, assim como ela, ‘em aparecendo’ do rio, mostrou uma comunhão, uma unidade entre o corpo e a cabeça, assim também esta comunhão deve nascer do diálogo; temos que ousar dialogar, temos que demonstrar as diferenças, mas nunca temer buscarmos realmente o melhor para o Brasil e os brasileiros”.

Por Rádio Vaticano

Download WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
free download udemy paid course
download coolpad firmware
Free Download WordPress Themes
free online course

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.