Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias da paróquia › 13/11/2020

900 ANOS DA ORDEM PREMONSTRATENSE

52fbe832-3226-4b1b-b94e-e18fe759fc0b

Neste ano de 2021, além de celebrarmos o Ano de São José, o nosso coração se alegra também pela comemoração do Jubileu dos 900 anos de fundação da Ordem dos Cônegos Regulares Premonstratenses. Muitos devem estar se perguntando o que é premonstratense, que nome estranho, dentre outras coisas.

A Ordem Premonstratense é uma comunidade de homens e mulheres que se unem para seguir Nosso Senhor Jesus Cristo, nos passos de seu fundador São Norberto e segundo a regra de Santo Agostinho, em vida canonical, vivendo os votos de pobreza, castidade e obediência. Os premonstratenses têm como carisma: a contemplação e a ação, a vida comunitária e o serviço apostólico.

A Ordem Premonstratense foi fundada por São Norberto na noite de Natal de 1121, em um vale chamado Prémontré (por isso, o nome Premonstratense), na França, tendo como lema: “um só coração é uma só alma” (At 4, 32), para, assim, imitar o espírito de vida dos primeiros cristãos, colocar tudo o que possuíam em comum, estando prontos para toda boa obra.

Assim, durante estes 900 anos, a Ordem Premonstrantense procura, nos passos de seu fundador São Norberto, ser luz no mundo. Os homens, rezando a Liturgia das Horas pelo bem da Igreja e do mundo e servindo a Deus no seu povo como religiosos, diáconos e padres. As mulheres, como cônegas, também orando e cantando os salmos pela santificação da Igreja e do mundo.

A Ordem Premonstratense está no Brasil desde 1896, quando o Bispo de São Paulo, Dom Joaquim Arcoverde Cavalcanti se dirigiu à Abadia de Averbode, na Bélgica, para enviar missionários para a sua Diocese, na intenção de administrarem o Santuário do Senhor Bom Jesus de Pirapora, e neste mesmo local iniciar um colégio. Então, sendo assim, o Abade Dom Gummaro Crets enviou Conêgo Vicente Van Tongel e Cônego Rafael Goris para iniciarem este trabalho. No dia 7 de agosto deste mesmo ano partiram de Averbode e, chegando ao Porto de Santos e à cidade São Paulo, ficaram por um tempo no Seminário Diocesano aprendendo as noções básicas de Língua Portuguesa. No dia 26 de dezembro foram para Pirapora. No ano seguinte, iniciaram a construção do colégio, que se tornou o Seminário Menor de São Paulo, funcionando entre 1905 é 1948, e depois, de 1949 a 1973, como Seminário Premonstratense. Até 1973, o Seminário de Pirapora foi a casa central dos Institutos Averbodienses do Brasil.

Em 1901, foi aberto um novo campo missionário em Jaguarão, no Estado do Rio Grande do Sul, onde foi fundado o Colégio do Espírito Santo. Como o ideal missionário crescia cada vez mais na Europa, o número de vocações missionárias também aumentou, o que permitia a Averbode enviar, a cada ano, mais missionários ao Brasil. Assim, as casas cresciam e o trabalho aumentava, mas, em 1915, devido às leis maçônicas contra o ensino particular, a comunidade premonstratense de Jaguarão transferiu-se para Jaú, no Estado de São Paulo, a pedido do Bispo de São Carlos, Dom José Marcondes Homem de Mello, continuando o ensino no Atheneu Jauense.

Durante muito tempo os cônegos administraram o Atheneu Jauense, quando em 1948, por leis municipais, o colégio recebeu o nome do fundador da Ordem Premonstrantense e assim, permaneceu até o seu fechamento, em 1969. O Atheneu Jauense e depois o Colégio São Norberto chegou a ser tido como uns dos melhores colégios do Brasil. O São Norberto era a única escola secundária de formação não-técnica de Jaú.

Em 19 de março de 1930 foi criada a nossa Paróquia de São José no Jardim Europa, a qual foi confiada aos Cônegos Regulares Premonstratenses do Seminário de Pirapora por vontade expressa de Dom Duarte Leopoldo e Silva, Arcebispo de São Paulo, para homenagear aqueles que eram seus administradores no seu período de Seminário Metropolitano, tendo como seu primeiro Pároco o Cônego Melchior, o primeiro premonstratense brasileiro.

Em dezembro de 1953os premonstratenses foram para Piracicaba a pedido de Dom Ernesto de Paula, Primeiro Bispo Diocesano de Piracicaba, que fora aluno do Seminário Menor de Pirapora. Ali, construíram a igreja de São Judas Tadeu, que esteve desde então sob os cuidados pastorais dos confrades premonstratenses, e que se tornou paróquia em 1956.

A comunidade de Jaú tornou-se Canonia independente da Abadia de Averbode na dignidade de Priorado de regimine em 16 de janeiro de 1979, sendo dedicada a Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças e São Norberto, padroeiros da igreja conventual e tendo como primeiro prelado o Cônego Pedro Rodrigues Branco. No ano 2000, durante o Capítulo Geral da Ordem Premonstratense, em Roma, o Priorado foi elevado à dignidade de Abadia, recebendo como lema “Per crucem ad lucem” (Pela cruz, à luz). O primeiro Abade foi o Reverendíssimo Dom Bonifácio Hartmann.

Atualmente, no Brasil existem três comunidades independentes: a Canonia de Jaú; a Canonia de Montes Claros, em Minas Gerais, fundada pela Abadia de Park (Bélgica); e a Canonia de Itinga, em Lauro de Freitas, na Bahia, fundada pela Abadia de Geras (Áustria).

Download Nulled WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
udemy free download
download redmi firmware
Download Nulled WordPress Themes
free download udemy paid course

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X