Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 25/11/2020

ACN (Ajuda à Igreja que sofre) lança relatório “Presos em nome da fé” nesta quarta-feira

rio-1303951-640-1

ACN celebra na próxima quarta-feira, 25 de novembro, a Red Wednesday (Quarta vermelha) – uma ação simbólica que ilumina em vermelho igrejas, edifícios públicos e monumentos em todo o mundo, como o Cristo Redentor, com o intuito de chamar a atenção para a situação dos cristãos perseguidos. A data marca também o lançamento do relatório Presos em Nome da Fé. ACN é o acrônimo do nome em inglês “Aid to the Church in Need“, que mantém o significo da missão recebida desde sua fundação: Ajuda à Igreja que Sofre.

Apesar da pandemia do coronavírus, a Red Wednesday 2020, campanha iniciada para chamar a atenção à perseguição aos cristãos em todo o mundo, ainda ocorrerá este ano no dia 25 de novembro. “A COVID 19 pode ter trazido muitas mudanças, mas os cristãos continuam a ser a comunidade religiosa mais perseguida no mundo.

A fim de aumentar a conscientização sobre esse fato doloroso, catedrais, igrejas e edifícios públicos serão iluminados com luz vermelha em muitos países em quatro continentes”, confirmou Thomas Heine-Geldern, Presidente Executivo da ACN. Ele explicou que a iniciativa representa um forte sinal de apoio a todos aqueles que sofrem discriminação, mas não podem falar abertamente sobre isso e esperam que outros levantem suas vozes em seu lugar.

Uma ideia que nasceu no Brasil

A ideia de iluminar edifícios emblemáticos em vermelho foi iniciada pela ACN Brasil em 2015, no Cristo Redentor – Rio de Janeiro. É uma forma de criar um sinal marcante e visível para protestar contra a discriminação religiosa, já que a cor vermelha representa o martírio de tantos que vivem sua fé até o extremo da morte. Desde então, a ação se estabeleceu em muitos lugares e tornou-se a Red Wednesday.

O Cristo Redentor iluminado também pela situação em Moçambique

Este ano, a iluminação do Cristo Redentor em vermelho terá ainda um outro objetivo: chamar a atenção para a situação que se vive na província de Cabo Delgado, Moçambique. Desde 2017 a região sofre os ataques de um grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico na África Central. Estima-se que mais de 2.000 pessoas foram mortas e mais de 500.000 tenham sido deslocadas por conta da violência extrema perpetrada pelo grupo.

Uma das vozes que denuncia todo o sofrimento ocorrendo em Moçambique é o brasileiro Dom Luiz Fernando Lisboa, bispo de Pemba, em Cabo Delgado. A ACN está ajudando a região com projetos de ajuda emergencial, uma vez que o número de deslocados aumenta a cada dia. São pessoas que fugiram apenas com a roupa do corpo e sofrem fome e desidratação.

Lançamento do Relatório Presos em Nome da Fé

Canadá, Austrália, Reino Unido, Alemanha, Filipinas e tantos outros países participarão da Red Wednesday. Um destaque será o lançamento do relatório “Presos em Nome da Fé”, sobre os cristãos que foram presos injustamente. O relatório abordará de forma especial 4 países onde a situação dos cristãos é dramática: Eritreia, China, Nigéria e Paquistão. O lançamento da versão em português será totalmente online, no dia 25 de novembro, a partir das 13h30 (horário de Brasília) na página da ACN Brasil (veja endereço abaixo).

Acompanhe o lançamento e saiba mais aqui neste endereço: www.acn.org.br

Via CNBB

Download Nulled WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Premium WordPress Themes Free
free online course
download intex firmware
Download WordPress Themes
free download udemy course

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X