R. Dinamarca, 32 (esquina com a R. Áustria) Jardim Europa
CEP: 01449-040 - São Paulo, SP | Tel.: (11) 3082-2677 - 3085-1506

Horários de Missas
Segunda-Feira: 7h
Terça à Sexta-feira: 7h, 8h e 17h
Sábado: 7h30 e 15h
Domingo: 7h30, 10h, 12h, 17h e 19h

Notícias › 06/06/2017

Sudário de Turim e Sudário de Oviedo coincidem no tipo de Sangue de Jesus

Tanto os milagres Eucarísticos, como o Santo Sudário de Turim [foto] e o Sudário de Oviedo por anos chamaram a atenção não apenas dos fiéis cristãos, mas dos cientistas, que tentaram indagar sobre sua veracidade. É graças a estas investigações que se pode determinar que o tipo de sangue de Jesus teria sido AB positivo.

Disso falam as investigações realizadas em vários dos milagres Eucarísticos mais conhecidos: o de Lanciano, e o de Orvieto. O primeiro deles ocorreu no século VIII na Igreja de São Francisco da cidade italiana quando um sacerdote, que duvidava da presença real de Jesus Cristo na Eucaristia, pode ver na Missa durante a Consagração, como a hóstia se convertia em carne e sangue. O segundo, ocorreu de maneira similar até o século XIII, na outra cidade italiana, quando um sacerdote com dúvidas contemplou como a hóstia começou a derramar sangue sobre o corporal.

Ambos milagres, especialmente o de Orvieto, deram origem a uma das festividades mais importantes da Igreja: a festa de Corpus Christi, da presença real de Jesus na Eucaristia, que foi instituída pelo Papa Urbano IV para que se celebre na quinta-feira posterior à Solenidade da Santíssima Trindade. Os dois lugares são hoje epicentro de peregrinação onde é possível apreciar ambos milagres.

Os dois casos foram epicentro de investigações. Nas décadas de 1970 e 1980 alguns cientistas investigaram o ocorrido em Lanciano, determinando entre suas indagações que o tipo de sangue encontrado era AB. Algo similar ocorreu com o Milagre de Orvieto, quando o corporal manchado com sangue se submeteu a indagações na década de 1990: os investigadores determinaram que o tipo de sangue também era do grupo AB.

As investigações não terminam aí; já que outras relíquias relacionadas com Jesus também falam deste tipo de sangue. Trata-se do Santo Sudário de Turim, a tela com a qual se acredita que se envolveu o corpo de Cristo após sua crucifixão, e o Sudário de Oviedo, que é o tecido com o qual se cobriu seu rosto. Além das coincidências em ambas relíquias, nas pesquisas realizadas as duas telas, se fala do mesmo tipo de sangue: AB.

Outro milagre Eucarístico mais recente, o ocorrido em 1996 em Buenos Aires, onde uma hóstia se transformou em carne e sangue, também demonstra que o tipo de sangue de Jesus seria AB. A investigação foi confiada a alguns cientistas que não sabiam o que tinham em suas mãos era uma hóstia.

Nos estudos se determinou que a hóstia havia se transformado em uma parte do ventrículo esquerdo do músculo do coração, que pertencia a uma pessoa que beirava os 30 anos de idade e cujo tipo de sangue era AB. A investigação também descobriu que era parte de um coração de uma pessoa que tinha sido fortemente maltratada ou golpeada antes de morrer.

Por Gaudium Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *