Paróquia São José do Jardim Europa

Sínodo

APRESENTAÇÃO DO SÍNODO POR DOM ODILO

O sínodo é um “caminho de comunhão, conversão e renovação missionária” para toda a arquidiocese de São Paulo. E um caminho feito juntos, em mutirão, que requer a participação do maior número possível de pessoas, de maneira que a proposta sinodal alcance amplamente o povo em nossas paróquias, “comunidades de comunidades”. Por isso, peço que nas paróquias haja muitos grupos a fazer as reuniões mensais, com temas próprios a cada vez. Os grupos podem ser os já existentes, a começar pelo Conselho de Pastoral, os integrantes de cada pastoral e serviço organizado na paróquia, as comunidades religiosas, os grupos de rua ou de novena… Outros grupos ainda podem ser constituídos. É bom que sejam muitos. Os mesmos grupos também devem ser constituídos nas comunidades menores (capelas), que fazem parte das paróquias. Logo no começo deste Roteiro, prevê-se a celebração do início dos trabalhos sinodais na igreja paroquial, com todos os animadores de grupos sinodais. A celebração deve ser presidida pelo Pároco ou Administrador Paroquial, pois são eles que presidem nas suas paróquias esta primeira etapa do sínodo arquidiocesano. Os temas das  reuniões referem-se às diversas dimensões da vida e da missão da própria Igreja, que se fazem presentes também na paróquia: o que é a paróquia e qual é sua missão? A paróquia e seu serviço à Palavra de Deus, à caridade pastoral, à santificação do Povo de Deus… Propõe se a reflexão sobre as grandes propostas e metas do sínodo, sempre em clima reflexivo e orante. De fato, o sínodo é uma “celebração” da Igreja. Por isso, não poderia faltar o clima orante e de acolhida da Palavra de Deus. Quase no final de cada reunião, há um pequeno questionário, com questões que o grupo deve discutir e aprofundar, fazendo a anotação das reflexões de todos. O encarregado de cada grupo fará chegar cada vez à Comissão Paroquial do sínodo essas reflexões, que deverão ajudar a paróquia a preparar, pouco a pouco, a assembleia paroquial do sínodo, que acontecerá na segunda metade de outubro e em novembro de 2018. Faço votos que este primeiro ano do caminho sinodal (2018) seja de grande proveito e traga muitos frutos. Essa etapa pretende ser um grande “VER” da realidade religiosa, pastoral e evangelizadora de nossa Arquidiocese, a partir de suas bases. Não tenhamos medo “de nos olhar no espelho”, e de fazer um discernimento evangélico sobre a nossa realidade, que nos interpela e por meio da qual Deus nos fala a respeito da missão que temos a realizar nesta imensa cidade de São Paulo. Por mandato e missão recebida de Cristo, somos testemunhas
de Deus nesta Cidade.

Que o Espírito Santo ilumine todo o trabalho sinodal deste ano!

Que Nossa Senhora da Assunção, o apóstolo São Paulo, os Santos/as que viveram e trabalharam em São Paulo e todos os nossos Santos Padroeiros intercedam por nós e nos ajudem com seu exemplo e seu amor a Cristo e à Igreja. Deus abençoe, ilumine e conduza a
todos!

São Paulo, na véspera do Natal, 24.12.2017
Cardeal Odilo Pedro Scherer
Arcebispo de São Paulo