Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 17/04/2018

Em coletiva, bispos falam sobre o Ano do Laicato e a missão do leigo

Na tarde desta segunda-feira, 16, foi realizada a quarta coletiva de imprensa da 56ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil. Estavam presentes, além de Dom Darci José Nicioli, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação e mediador na coletiva, Dom Fernando Saburido, Arcebispo de Olinda e Recife (PE), Dom Roberto Ferrería Paz, bispo de Campos (RJ), e Dom Severino Clasen, bispo de Caçador (SC) e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato.

A coletiva abordou o projeto Pensando o Brasil: “O Estado Laico”, a realização do Ano do Laicato e o 18º Congresso Eucarístico Nacional.

Dom Fernando foi o primeiro a ter a palavra, e afirmou que é uma alegria para a Arquidiocese de Olinda e Recife (PE) receber o Congresso Eucarístico, que acontecerá de 12 a 15 de novembro de 2020.

“Recife é uma cidade de muitas diversidades. É um privilégio estar pela segunda vez recebendo o Congresso. As comissões já estão formadas, estamos trabalhando desde o ano passado e nos reunimos mensalmente para acompanhar o andamento da organização. Ao todo são 12 comissões. O tema do CEN será ‘Pão em todas as mesas’ e o lema ‘Repartiam o pão com alegria e não haviam necessitados entre eles’.”

Foi apresentado um vídeo sobre a Organização do 18º CEN. O Arcebispo falou ainda sobre a tradição de uma coleta nacional para ajudar financeiramente na realização do congresso, que já foi aprovada, ainda para este ano.

Estado Laico

Dom Roberto Paz apresentou o Projeto Pensando o Brasil, que nesta quinta edição tem como tema “O Estado Laico”.

O bispo explicou a diferença entre uma laicidade negativa de uma positiva, afirmando que enquanto uma laicidade negativa é de combate, quer eliminar o fenômeno religioso, uma laicidade positiva é aberta, inteligente, e possibilita a participação da Igreja no Estado Laico, porque ambos querem defender o bem comum do cidadão. Se vivida de uma forma positiva, abre espaço para que todas as religiões colaborem.

“O que vai definir a laicidade positiva vai ser a indispensável presença dos leigos no mundo, na sociedade, porque onde não há um laicato forte, com identidade, com vocação, o laicismo toma conta.”

Ano do Laicato

Dom Severino Claisen falou sobre o Ano do Laicato, que vai até o dia 25 de novembro deste ano.

O bispo reforçou que o objetivo do Ano do Laicato é despertar os cristãos leigos e leigas quanto à sua identidade, vocação, espiritualidade e missão, incentivando ao compromisso como testemunhas do Evangelho e como membros efetivos da Igreja, participando da vida eclesial e da ação pastoral:

“Estamos percebendo que é preciso redimensionar a missão do leigo. Que ele atue não somente internamente, na Igreja, na vivência dos sacramentos, mas também é preciso criar um espírito de dimensão social, onde os cristãos vivem no dia-a-dia, é ali que precisam ser presença, nos conselhos humanitários, nas decisões sociais.”

Dom Severino apresentou a proposta da semana missionária que acontecerá no mês de julho, em que serão trabalhados temas como a Igreja em Saída, e a missão dos leigos no mundo do trabalho, na política, na comunicação, na educação, na cultura e no cuidado com a “Casa Comum”.

“É importante este trabalho porque percebemos que as pessoas perderam o sentido da vida, são muitas as que tiram suas vidas, a depressão é a doença do século, se perdeu a alegria de viver. Por isso essa semana missionária, em que a temática é uma Igreja que se faz luz na família e no mundo”, afirmou o bispo.

Por Canção Nova

Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Free Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
udemy course download free
download mobile firmware
Download Nulled WordPress Themes
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.