Paróquia São José do Jardim Europa

Notícias › 09/08/2018

Bispo de Hiroshima faz apelo por um mundo sem armas nucleares

Recordar a tragédia das bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki e crer num futuro livre das armas nucleares: é a esperança expressa pelo bispo de Hiroshima, Dom Alexis Mitsuru Shirahama, no aniversário dos 73 anos dos trágicos bombardeios sobre as duas cidades japonesas, ocorridos, respectivamente, nos dias 6 e 9 de agosto de 1945.

“Junto aos fiéis da minha diocese, sou profundamente grato àqueles que oferecem suas orações e atividades em favor da paz no mundo. Sinto que este momento é importante” para trabalhar juntos rumo à desnuclearização”, declarou o prelado à agência missionária AsiaNews.

Oração comum com cristãos, budistas e xintoístas
Nestes dias o Japão recorda as vítimas das bombas que mataram, imediata e sucessivamente, ao menos duzentas mil pessoas no final da II Guerra Mundial. Na segunda-feira (06/08) os cidadãos de Hiroshima se reuniram no Parque da Paz, onde foi feita uma oração comum, com a presença de fiéis cristãos (católicos e protestantes), budistas e xintoístas.

Na ocasião, o prefeito da cidade, Kazumi Matsui, reiterou a necessidade para os estados de aderir ao Tratado da Onu sobre a proibição das armas nucleares: “Se a família humana esquecer a sua história ou deixar de defrontá-la, poderemos cometer novamente um erro terrível”. Por isso, o Japão deve guiar a comunidade internacional ao “diálogo e cooperação por um mundo sem armas nucleares”, ressaltou o alcaide.

“Dissuasão nuclear”: política instável e perigosa
Matsui contestou duramente a política da “dissuasão nuclear” para manter a ordem internacional através do medo. Esta é uma postura “totalmente instável e extremamente perigosa”. Hoje se estima no mundo a existência de quatorze mil ogivas nucleares.

Tratou-se de um veemente apelo à desnuclearização do mundo que, por sua vez, Dom Shirahama dirigiu a seu país e a toda a comunidade internacional: “Faço votos de uma promoção mais rápida do Tratado sobre a proibição das armas nucleares estabelecido pelas Nações Unidas no ano passado. E espero que o Japão participe deste acordo”.

Um pensamento também pela península coreana
A oração do bispo de Hiroshima dirige-se também à vizinha península coreana, na esperança de “uma mais rápida realização do entendimento alcançado este ano entre a República democrática popular da Coreia e os EUA sobre a desnuclearização”.

“Continuo rezando e oferecendo tudo aquilo que é possível fazer todos os dias, com Deus e com todas as pessoas que partilham a mesma intenção”, assegurou o prelado nipônico.

Via L’Osservatore Romano

Premium WordPress Themes Download
Download Premium WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
lynda course free download
download coolpad firmware
Download Nulled WordPress Themes
lynda course free download

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.